O Bom Selvagem


O Bom Selvagem

Em 08 de Outubro de 2013, por David Deming

Joseph Campbell afirmava que a civilização não é mantida pela ciência, mas pelo mito. “Aspiração”, explicava Campbell, “é o motivador, o construtor e o transformador da civilização”. Nossa sociedade tecnológica tem sido forjada sobre o mito de Francis Bacon da Nova Atlântida. Bacon foi a primeira pessoa a sem dúvida e explicitamente apoiar a aplicação prática do conhecimento científico para as necessidades humanas. “O verdadeiro e judicioso objetivo da ciência é que a vida humana seja enriquecida com novas descobertas e poderes”, explicava ele. Escrevendo ainda no início do século XVII, Francis Bacon previu o laser, a engenharia genética, aviões e submarinos.

Competindo com a visão de Bacon de uma sociedade baseada na ciência, está a fábula mais antiga e persistente do Bom Selvagem. O Bom Selvagem não é uma pessoa, mas uma idéia. É um primitivismo cultural, é a crença de pessoas que vivem em sociedades complexas  e evoluídas de que a vida mais simples e primitiva seria melhor. O mito do Bom Selvagem diz que o homem pode viver em harmonia com a natureza, que a tecnologia é destrutiva e que seríamos todos muito mais felizes em um estado mais primitivo. Leia mais deste post

%d blogueiros gostam disto: